JORNAL FOLHA DE TAMANDARÉ
Rua Rolândia, 70 - Estribo Ahú | Curitiba - PR
(41) 3354.6674 - 9614.1787
folhadetamandare@folhadetamandare.com.br

Revitalização dos espaços escolares: ambientes de ensino- aprendizagem e de convivência social

Profa. Ms. da Fainsep - Christiane Denardi

Infelizmente, a maior parte das escolas não recebe manutenção nem reformas, e com o passar do tempo essas se tornam nada atrativa aos alunos. Mas o impacto disso vai muito além dos aspectos de infraestrutura. Um espaço escolar não acolhedor e que não esteja de acordo com cultura de sua comunidade escolar e local, não será capaz de promover a convivência social e as boas práticas de ensino e de aprendizagem em seu interior.

 

Todos os ambientes escolares – fachada e recepção, pátio e quadra, corredores, banheiros, refeitórios, bibliotecas, salas de aula, jardim e horta e salas para diferentes atividades (informática, artes e educação física, dentre outras) estão sob a responsabilidade dos gestores escolares, tanto no que se refere ao aspecto administrativo quanto ao que se refere ao aspecto pedagógico.

 

Cabe aos gestores escolares gerir a escola para assegurar melhores condições para promoção do processo ensino-aprendizagem e de socialização da comunidade escolar como um todo, e sempre ampliá-la à comunidade local. Nesta direção, os espaços escolares precisam ser reavaliados, repensados e revitalizados para assegurar as condições necessárias para que os alunos possam aprender e conviver.

 

Os espaços escolares permitem que os alunos possam aprender muitas coisas, não somente dentro das salas de aula, mas em todos os ambientes da escola, o que podemos denominar de ambientes de aprendizagem. A estrutura física da escola, sua organização e manutenção, revelam o que os alunos aprendem e ali desenvolvem, ou seja, é a dimensão da ética articulada à dimensão da estética. Uma escola bonita e acolhedora faz com que as pessoas se sintam bem para ensinar, aprender e conviver, e com o passar do tempo, reconhecem esse lugar como algo que lhes pertence.

 

Mas como é possível realizar um trabalho de revitalização dos espaços escolares? Inicialmente, selecione um espaço escolar a ser trabalhado. Em seguida, realize um trabalho de campo composto por pontos de observação a cerca do espaço escolhido, o qual dever ser realizado pela comunidade escolar, inclusive com a participação dos alunos, pois tudo o que fazemos nas escolas é para garantir a aprendizagem e o desenvolvimento dos mesmos. Para ampliar as observações coletadas e registradas por meio do trabalho de campo, recomenda-se a aplicação de um questionário ou uma consulta pública ou uma entrevista coletiva junto aos pais dos alunos e à comunidade local. Posteriormente, é preciso tabular os resultados obtidos, sistematizá-los e comunicar os resultados por meio de reuniões, cartazes ou jornal escolar, dentre diversas estratégias informativas, tanto para a comunidade escolar quanto para a comunidade local.

 

É a partir desses resultados que foram comunicados, que de forma conjunta, gestores escolares, comunidade escolar, alunos, pais e comunidade local, elaboraram um projeto institucional, o qual será efetivado por meio de um plano de ação, e que resultará na revitalização do espaço escolar selecionado.

 

Por fim, após a revitalização do espaço escolar escolhido, é necessário realizar um cronograma e um quadro de responsabilização que torne efetivo o acompanhamento e a manutenção do mesmo de forma diária, semanal, mensal, semestral e anual, e este desse ser incluso no cronograma anual de trabalho do gestor escolar, pois espaços escolares revitalizados são ambientes que promovem boas práticas de ensino, aprendizagem e convivência social, em todas as escolas, mas que para isso, precisam ser mantidos.


FILIADA À ADJORI - Associação dos Donos de Jornais e Revistas do Estado do Paraná
31 anos de circulação CNPJ: 05.241.886/0001-89 FUNDADOR: Antônio Rodrigues Dias (in memoriam)
DIRETOR-PRESIDENTE E JORNALISTA RESPONSÁVEL: Leônidas A. R. Dias - DRT 234/02/18v-PR
CHEFE DE REDAÇÃO: Jair Rodrigues Dias Júnior
DIAGRAMAÇÃO, ARTE E PRODUÇÃO: Exceuni - Aldemir Batista (41) 3657-2864 / 9983-3933 Tamandaré
Central de Computação Gráfica: Tel: (41) 3657-2864
REDAÇÃO E ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA: Rua Rolândia, 70 - Estribo Ahú
Curitiba-PR Cep.: 82560-110 - Tel.: 3354-6674 / 9614-1787.
E-MAILs: folhadetamandare@folhadetamandare.com.br | folhadetamandare@terra.com.br
SITE: www.folhadetamandare.com.br